Imprimir

Centro de Controle Operacional da Muralha Digital já monitora Parque Barigui 24 horas

em 30 Novembro 2022. Postado em Notícias

muralha digital barigui 01O Parque Barigui recebeu, nesta terça-feira (29/11), câmera que integra o complexo de cerca de 1.400 equipamentos da Muralha Digital, programa da Prefeitura de Curitiba que proporciona segurança, por meio do uso da tecnologia da informação. O Barigui é uma das 45 unidades de conservação de Curitiba, entre parques e bosques.

O moderno equipamento, que está instalado próximo ao Complexo Imap Barigui, permite a visualização num ângulo de 360 graus, reconhecimento facial e um potente zoom (40x).

O Centro de Controle Operacional (CCO) é o coração da Muralha Digital. Guardas municipais treinados garantem a verificação das imagens em tempo real, com a possibilidade de acionamento rápido de equipes que integram as diversas áreas da Prefeitura de Curitiba, tais como a Defesa Civil, as administrações regionais, as equipes da Fundação de Ação Social, dentre outras, conforme o suporte necessário para cada situação verificada.

O programa Muralha Digital é resultado da parceria entre as secretarias de Administração, Gestão de Pessoal e Tecnologia da Informação (Smap) e de Defesa Social e Trânsito (SMDT).

Mais câmeras
Outra importante área verde da cidade, o Jardim Botânico, também tem câmeras com monitoramento 24 horas. E, próximo ao Zoológico, o cruzamento das ruas Eduardo Pinto da Rocha com a João Miqueletto, no bairro Alto Boqueirão, é monitorado permanentemente.

Praças importantes como a do Japão, Tiradentes e Redentor (conhecida como Praça do Gaúcho) contam com a estrutura tecnológica da Muralha.

Há equipamentos ainda em Ruas da Cidadania, rodoferroviária, escolas, cemitérios municipais - como o São Francisco de Paula, Água Verde, Boqueirão e Santa Cândida - e rodovias de acesso a Curitiba.

Um dos locais que recentemente recebeu os equipamentos fica na Avenida Manoel Ribas, no trecho próximo ao Contorno Norte, no Butiatuvinha, perto da divisa entre Curitiba e Campo Magro. Ali foram colocadas três câmeras. Duas delas fazem o reconhecimento de placas de veículos permitindo, por exemplo, a identificação de carros roubados. Cada uma delas está voltada a um dos sentidos – Santa Felicidade ou Campo Magro. O terceiro equipamento permite fazer o reconhecimento facial.

Os radares e sensores espalhados pela cidade também fazem parte do programa. São 255 radares que fiscalizam mais de 800 faixas de trânsito. Mulheres vítimas de violência doméstica e que utilizam o botão de pânico, também têm os equipamentos vinculados ao Centro de Controle Operacional.

muralha digital barigui 02

 

 

 

 

 

 

 

 

Foto: Divulgação

muralha digital barigui 03

 

 

 

 

 

 

 

 

 


Foto: José Fernando Ogura/SMCS

muralha digital barigui 04

 

 

 

 

 

 

 

 

 


Foto: José Fernando Ogura/SMCS

muralha digital barigui 05

 

 

 

 

 

 

 

 

 


Foto: José Fernando Ogura/SMCS

muralha digital barigui 06

 

 

 

 

 

 

 

 

 



Foto: José Fernando Ogura/SMCS

muralha digital barigui 07

 

 

 

 

 

 

 

 

 


Foto: José Fernando Ogura/SMCS

muralha digital barigui 08

 

 

 

 

 

 

 

 

 



Foto: José Fernando Ogura/SMCS

muralha digital barigui 09

 

 

 

 

 

 

 

 

 


Foto: José Fernando Ogura/SMCS

muralha digital barigui 10

 

 

 

 

 

 

 

 

 


Foto: José Fernando Ogura/SMCS

  • Compartilhe: